Cursos complementares para agregar ao currículo

Você tem dificuldade em arrumar emprego, falta experiência ao seu currículo: Uma boa solução é investir em cursos complementares para tentar se livrar desse problema e conseguir um emprego.

Explicando o que são os cursos complementares?

Cursos complementaresCursos complementares são cursos ministrados por empresas especializadas ou instituições de ensino superior, normalmente são cursos de curta duração, de 3 horas  a 40 horas, dependendo do tema e de qual profundidade ele é abordado. Também tem valores mais em conta facilitando para quem tem pouco dinheiro para investir na carreira.

 

Os cursos complementares são válidos e bons para o currículo?

Essa é uma dúvida comum, sobre como as empresas veem esse tipo de curso, as empresas normalmente acham válido que a pessoa tenha feito cursos complementares, demonstra para empresa que a pessoa está interessada em crescer e se preparar profissionalmente, assim você pode ganhar muitos pontos com os selecionadores.

 

Escolhendo Cursos complementares?

cursos onlineMas é necessário que você pesquise a qualidade do curso, veja na internet se existem pessoas que falem do curso, também procure sobre cursos da instituição, se há reclamações sobre os cursos daquela instituição e nenhuma citação de qualidade, pode não ser bom fazer o curso lá.

No período de férias escolares a maioria das universidades e faculdades oferecem cursos complementares, “emprestando” a autoridade da graduação para os cursos de férias, por exemplo, na área de comunicação a ESPM e a Universidade Belas artes que são renomadas na área abrem programas de cursos complementares. Então pesquise quais instituições oferecem cursos nessa época.

Outra opção é partir para os cursos online, que são ainda mais em conta e tem uma série de vantagens que você pode ver no post a seguir.

 

Como colocar cursos complementares no currículo?

Se você já tem um currículo extenso o mais interessante na hora de escrever sobre o curso na formação complementar é ser conciso, escreva apenas o nome do curso e da instituição, a data em que foi realizado e a carga horária. Mas para quem tem espaço sobrando no currículo, é interessante apresentar os principais aprendizados do curso em uma pequena lista(exemplo: “Gestão de Crises”, “atendimento online”).

 

Bom é isso que temos a falar sobre cursos complementares, agora é investir nessa ferramenta que promete turbinar seu currículo.

Se você gostou, divulgue o post em suas redes sociais. Dúvidas e sugestões, use os comentários.

Leave a Reply