Saiba mais sobre como funciona o Fies

Muitas pessoas desejam ingressar em uma instituição de ensino superior, porém não podem pagar de imediato as finanças que são exigidas pela faculdade, devido a esse fato o governo criou o famoso Fies. E agora você vai saber tudo sobre o FIES.

Com o Fies é possível tornar realidade o sonho dos que desejam fazer um curso superior sem demais problemas, pois o banco faz um empréstimo para esses universitários sonhadores.

Veja abaixo como funciona o Fies.

O que é o Fies?

O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior ou popularmente também chamado de Fies, surgiu em 1999 com o intuito de ajudar estudantes que não possuem condições financeiras de pagar uma universidade.

O Fies nada mais é do que um empréstimo que o governo disponibiliza para os universitários para que o valor da faculdade seja menos pesado para o bolso dos estudantes.

Como funciona o FIES

Os números do FIES

61.352 contratos formalizados pela Caixa Econômica Federal
20 contratos formalizados pelo Banco do Brasil
132.725 estudantes em preenchimento
3.893 inscrições já foram confirmadas pelos estudantes; falta validar pela CPSA para encaminhar ao banco.
9.710 inscrições ainda não foram contratadas, mas já foram enviadas ao banco
48.995 acessos liberados de estudantes
30.202 estudantes entraram no site e já pediram senha, mas o acesso não foi liberado
307 validados pela CPSA e ainda não enviados ao banco
412 inscrições reabertas pela CPSA para correção pelo estudante
331.173 estudantes, considerando os que já contrataram, os que tiveram a inscrição vencida e os que ainda estão navegando no sistema

Quem pode participar?

Para que o candidato se cadastrar no Fies é necessário algumas especificações, como por exemplo:

Pode participar quem acabou de ingressar na faculdade, não esteja inadimplente em um programa de crédito educativo anterior, precisa estar matriculado ou se matricular numa instituição cadastrada pelo Fies e que possui notas positivas no Mec, ter executado o Enem, entre outras especificações.

Como funciona?

Depois que o Fies verificar todos os requisitos acima, é preciso fazer a inscrição, pela internet, no programa do MEC, e o mais importante, precisa ser aceito.

Durante o período letivo do estudante, deve ser pago um valor de, no máximo, 50 reais por mês, e então, quando o curso termina, o universitário entra num período de carência de 8 meses para pagar o restante do financiamento.

Porém são cobrados alguns juros nas mensalidades excedentes a esses 8 meses, mas são mais baratos do que os empréstimos normais, assim o estudante tem a possibilidade de pagar o restante da dívida sem se complicar financeiramente.

Como me cadastrar?

Para poder se cadastrar é muito fácil, basta você preencher a ficha de inscrição que fica localizada no site da Caixa Econômica Federal, depois imprima o boleto gerado por eles e entregue na sua faculdade.

Ao entregar o boleto, é gerado um protocolo de confirmação da sua inscrição e então a inscrição começa a ser válida para aqueles escolhidos.

A importância de uma boa faculdade

Ingressar em uma boa faculdade é essencial para o futuro de todos, então com o Fies as pessoas podem fazer com que esse futuro fique ainda melhor e ainda mais qualificado.

Com uma boa universidade faz com que o aprendizado do candidato seja melhor e então, consequentemente, as oportunidades de emprego ficam ainda melhores.

Ter um curso superior, hoje em dia, é essencial na carreira de qualquer pessoa, seja na educação ou somente por gostar de aprender ou estudar.

Existem outras formas para ingressar em curso superior além do FIES:

Educa Mais Brasil

ProUni

Dê está dica para seus amigos compartilhando em suas redes sociais.

 

 

Leave a Reply